Liderança nos dias de hoje

O mundo corporativo atual está se modificando, o capital humano e o capital intelectual vêm sendo cada vez mais valorizados, nunca se ouviu falar tanto em termos como “motivação”, “trabalho em equipe”, “liderança” e “recursos imateriais”. Neste contexto, surge um ícone de grande importância para as organizações: O Líder. Garantir o sucesso dos projetos e objetivos de uma empresa, economizar tempo e recursos, agilizar e otimizar processos produtivos, motivar e inovar são só algumas das responsabilidades atribuídas aos líderes em diversas organizações, o que nos leva a um questionamento sobre qual seria, de fato, o papel do líder nas empresas.

Segundo Chiavenato, “liderança é o processo de conduzir um grupo de pessoas. É a habilidade de motivar e influenciar os liderados para que contribuam da melhor forma com os objetivos do grupo ou da organização”. Sendo assim, o líder eficaz deve enxergar cada colaborador da equipe como uma pessoa única, com características, necessidades e objetivos próprios, que necessita se sentir importante, pois quando o colaborador percebe que a empresa possui interesse em sua vida pessoal e contribui para que ele realize os seus propósitos, em resposta ele se empenha para garantir o cumprimento de todas as tarefas que lhe são atribuídas e, automaticamente, garante o sucesso da organização.

O líder deve possuir a sensibilidade para entender o mercado de trabalho atual, pois há uma mistura de gerações convivendo e trabalhando juntas, são as gerações Z, Y, X e Baby Bummers, pessoas de diversas faixas etárias com comportamentos, crenças e costumes diferentes. O líder deve aplicar um estilo de liderança compatível com cada um destes perfis, tarefa que não é nada fácil, mas o líder inteligente é capaz de se adaptar às circunstâncias e a administrar conflitos, tendo êxito ao formar uma equipe harmoniosa com essas diversidades.

Liderança nos dias de hoje. Imagem fonte: Reprodução / Internet

Liderança nos dias de hoje. Imagem fonte: Reprodução / Internet

Vemos como principais características técnicas em um bom líder: poder de influenciar pessoas, boa comunicação (não esquecendo que comunicar também é ouvir), flexibilidade, criatividade, capacidade de delegar poder quando for preciso, habilidade em gerenciar, entre outros. Entretanto, é de muita importância que o líder de sucesso seja também humano, capaz de sentir, entender, compreender, notar e recompensar seus subordinados.

Diante disto, podemos concluir que um bom líder é aquele que não fica estagnado, mas que acompanha as mudanças e tendências, aprimorando seus conhecimentos e se autodesenvolvendo a cada dia, já que a liderança é uma habilidade que pode ser aprendida e aperfeiçoada. O líder deve transparecer uma imagem segura de si mesmo, fazendo que com que sua equipe enxergue nele um possuidor da capacidade de “fazer acontecer”, um auxiliador, um bom comunicador, e principalmente um alguém a quem recorrer diante de uma situação adversa.

Via Administradores

Romanhol Business Consulting tem mais de 15 anos de experiência e atuação no mercado. Nossa missão é criar soluções e apoiar nossos clientes na escolha e implementação da estratégia, prestando serviços  profissionais com excelência e sendo reconhecidos pela capacidade de gerar lucro. Para mais informações e contato clique AQUI!

O que achou? Deixe um comentário.

Categorias: Comportamento, Liderança

Tags: , , , , , ,